Coordenadores do programa de extensão conversam com estudantes de Harvard sobre catástrofes socioambientais

Coordenadores do programa de extensão e estudantes após conversa sobre catástrofes socioambientais.

A professora Karina Gomes Barbosa e o professor André Luís Carvalho, coordenadores do programa de extensão Sujeitos de suas histórias, receberam na segunda-feira, 8/7, um grupo de estudantes do Summer Internship Program, da Universidade de Harvard, para apresentar um panorama das catástrofes socioambientais da mineração que têm ocorrido em Minas Gerais, com destaque para os rompimentos das barragens do Fundão, no subdistrito de Bento Rodrigues, em Mariana, e da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho.

Durante o encontro, discutiram o entranhamento da mineração na cultura mineira, as tensões e dependências econômicas das cidades e os impactos sociais dos colapsos das estruturas de rejeitos minerários, além de apresentarem o trabalho com extensão e pesquisa que realizam junto aos e às atingidas em Mariana.

O programa de intercâmbio traz estudantes da universidade norte-americana para passar dois meses no país, trabalhando em organizações brasileiras e vivenciando aspectos da cultura local. A turma deste ano, que inclui estudantes de áreas diversas como Relações Internacionais, Biologia, Estudos Sociais, Engenharia Ambiental, Letras e Governo, viajou para Minas Gerais e, além de Mariana, conheceu o Inhotim e Ouro Preto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s