Redemoinho do capeta

Vitor 

5º Ano 

Minha catequista contou que há muito, muito tempo atrás, havia um menino chamado Zé Pedro, aqui em Bento Rodrigues que dizia querer ver o capeta.

Certa vez quando estava fazendo prova na escola, ele pediu ajuda para Deus, mas não tinha estudado e tirou nota muito ruim. Quando a professora lhe deu a notícia, ele ficou revoltado e esbravejou para Deus:

— Deus! Você nunca me ajudou, não é? Pois de agora em diante vou pedir é para o capeta, acho que ele vai querer me ajudar. Numa tarde de sexta-feira 13, Zé Pedro estava passando perto da ponte de ferro, na saída de Bento. Algo lhe chamou atenção e quando virou-se para o rio, viu o grande redemoinho e ficou maravilhado, pois tinha ouvido falar que o capeta estaria dentro do redemoinho em dia de sexta-feira 13. Ele ficou eufórico e não pensou em mais nada, pulou naquele redemoinho que rodava em uma velocidade incrível e ele se debatia quando não conseguia mais respirar.

Neste momento, o coisa ruim apareceu, deu risadas e lhe disse:

— Você não queria tanto me conhecer? Agora é todinho meu e agarrando Zé Pedro, desapareceu e o redemoinho foi se desfazendo.

No outro dia o corpo de Zé Pedro estava jogado sobre a ponte, mas a sua alma o capeta havia levado.

E quem não acreditar, pula no redemoinho e vai ver o que vai dar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s